Workshop Resgatatur - Semana V

Os Agentes Comunitários tiveram mais uma atividade prática que faz parte do cronograma do “Workshop Roteiros Culturais, Históricos e Turísticos” que estes alunos estão participando. A visita desta vez foi ao Parque Estadual do Jaraguá, que é um parque criado em 1961 em torno do Pico do Jaraguá e na Serra da Cantareira. É um dos últimos parques remanescentes de Mata Atlântica desta metrópole.

Muitas curiosidades como, por exemplo, o primeiro proprietário da área foi o bandeirante Afonso Sardinha, que se notabilizou por suas ações de caça aos indígenas, no final do século XVI, época em que foi construído o Casarão, construído em taipa de pilão, que é uma das atrações dessa unidade de conservação. A fazenda foi incorporado ao patrimônio do Estado em 1939.

O ouro foi explorado até 1670, quando começou a escassear. Após o período áureo das “Cavas do Jaraguá”, entra o ciclo do café com formação de extensas fazendas, com seus casarões e senzalas, alambiques, pilões e moendas. Em 1994, o parque é tombado como Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações para a Educação, Ciência e Cultura – UNESCO, passando a integrar a Zona Núcleo do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo – Reserva da Biosfera.

A visita monitorada seguiu até o Pico do Jaraguá que é o ponto mais alto da cidade de São Paulo com seus 1.135m de altura onde todos puderam desfrutar da maravilhosa vista em pleno cenário urbano.

HOME